i AO VIVO
i Jornal
Home / colunas / Seja Feliz!
Seja Feliz!

COLUNA: SEJA FELIZ!

Saudade versus saudosismo

Seja Feliz! 12/09/2022 - 19:50 Atualizada em 30/09/2022 - 18:59

		Saudade versus saudosismo
Saudade é um sentimento saudável. Imagem: Freepik

Quando me mudei de São Paulo para Washington, com 21 anos, tinha muita saudade da família, dos amigos, mas nunca tive o sentimento de saudosismo, de tristeza e nostalgia, pelo que não mais me pertencia naquela nova fase de minha vida. O mesmo quando me mudei de Washington para Miami 17 anos depois.

Saudade, sempre. Mas não saudosismo.

O ser humano tem a tendência de não viver o presente – onde está e com quem está – e sofrer pelo passado, pelos lugares onde morou, e os amigos que lá mantinha.

Mas o passado já foi. Não dá para revivê-lo, mesmo voltando para onde partiu, e reencontrando os amigos daquela época, que também vivem hoje suas novas realidades.

E aí que vem a frustração, a infelicidade, as decisões erradas -- a falsa esperança de reencontrar o passado que deixou. Isso é saudosismo. Mas o passado também passou. Tudo nele mudou.

Saudade é um sentimento leve, bonito. É o que vamos sentir de uma senhora de 97 anos que está se mudando para o norte dos Estados Unidos, por saudosismo de sua filha. Da vida que ela deixou há alguns anos, e nunca se libertou desse passado para viver integralmente um presente, cercada de amizades profundas que surgiam, no calor latino de Miami.

Farão muita falta. E daqui alguns anos, espero poder me lembrar dos momentos que passamos, dos churrascos em família, da camaradagem de comadre. E sorrir de saudade. Mas sem uma gota de saudosismo. O saudosismo impede o hoje.

Saudade, sim, sentimos de quem amamos e não temos mais por perto, àqueles que se foram, que não mais se encontram entre nós.

Tenho saudade do meu pai. Da minha avó, que foi minha melhor amiga. Mas sorrio a cada lembrança. A saudade permite o presente. O saudosismo não permite sua entrada.

É saudável ter saudade.

Mas jamais saudosismo pelo que tínhamos. Saudosismo é viver no passado, sem se permitir amar e sorrir no presente.

Sorria a cada sentimento enriquecedor da saudade que toca seu coração. Mas não deixe o saudosismo dominar e controlar o seu presente e o seu maior presente que é viver o hoje!

“Se tiver que amar, ame hoje. Se tiver que sorrir, sorria hoje. Se tiver que chorar, chore hoje. Pois o importante é viver hoje. O ontem já foi, e o amanhã talvez não venha”. Chico Xavier.

Você tem saudade ou saudosismo do que ou quem não tem por perto neste momento?

*Este é um conteúdo independente e não reflete, necessariamente, a opinião da Orbi

GOSTOU DO CONTEÚDO?

Assine nossa newsletter!

Receba a seleção de notícias feita pelos nossos editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Ou

OUTRAS NOTÍCIAS

+LIDAS

NEWSLETTER

Orbi e tal

Receba a seleção de notícias feita pelos nossos editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Ou

Siga a ORBI nas
redes sociais:

Selecionadas
para você: